quarta-feira, 8 de maio de 2013

Conceitos invertidos de direitos humanos



Conceitos invertidos de direitos humanos
Rio de Janeiro
Vagabundo de 1,80cm invade ônibus armado. Ameaça matar passageiros. Rouba e estupra uma moça, na frente de todos.
A fuça do animal foi flagrada por Câmera Interna.
Imagem viaja o País.
O infeliz foi preso. Descobriram que tem apenas 16 aninhos.
Apaga tudo...
Recomecemos...
"Di Menor" foi apreendido e enviado ao Conselho Tutelar.

Sua imagem não pode mais ser divulgada.
Emissoras de TV justificam afronta aos direitos humanos, por não saberem que era menor.
Correm risco de serem processadas. Invadiram a privacidade do inocente e a divulgação arbitrária acarretou a apreensão...
Daqui a três anos estará livre.
Não se preocupem. Seus direitos serão preservados.
E a moça estuprada?
Ela que se..... De novo!...
Traumatiza tirar de crianças o direito de externar seus desejos de manifestar impulsos sexuais, naturais na puberdade...
Parabéns filósofos da bunda grande. Voces conseguiram...
Coisas de um País que virou uma coisa.
Vou ali vomitar e ja volto
E Assim o Mundo Gira e o brasil se Afunda

O Brasil precisa urgentemente rever os seus conceitos de direitos humanos, a maioridade penal deve ser de 14 anos.
Mas para isso o sistema carcerário no país precisa ser totalmente reformulado, sem banhos de sol, sem visitas íntimas, as visitas são feitas através de vidros blindados e sem contato físico, assim o preso não pode receber nenhum tipo de objeto como celular, e cada detento em uma cela individual, pequena e simples e não pode sair dela em nenhum momento do dia. Dessa forma os detentos não se vêem e os presos perigosos não tem chance de aliciar os pequenos ladrões de galinhas. Enfim, o Brasil todo precisa mudar!

Tags: , , , ,

0 Responses to “Conceitos invertidos de direitos humanos”

Postar um comentário

Blogs parceiros

Inscreva-se

Inscreva-se e receba as novidades no seu e-mail.

© Pô Carai. Todos os direitos reservados.